O que é a Esclera?

O que é Cristalino? Cristalino saiba tudo a respeito
O que é Cristalino?
17 de outubro de 2017
O que é humor vítreo?
O que é humor vítreo?
26 de outubro de 2017

O que é a Esclera?

O que é a Esclera?

O que é a Esclera? o Dr aron oftalmologista premiado pela USP fala a respeito.

 

Índice de tópicos sobre a Esclera

 

O que é a Esclera?

A esclera é o tecido fibroso externo que reveste o globo ocular.

A esclera possui três camadas: episclera, estroma e a lâmina fusca.

A sua estrutura é idêntica à da córnea, exceto na disposição das fibras de colagénio.

Essa membrana é muito resistente, possui a função de proteger e manter a estrutura esférica do olho.

Também conhecida como o “branco do olho”. Sua composição de fibras de colágeno resulta em uma membrana transparente chamada de conjuntiva.

Apesar de ser branca, a esclera – também conhecida como esclerótica – nas crianças e recém-nascidos, ela apresenta uma coloração azulada, por ainda ser muito fina.

Nos idosos, por causa do acúmulo de gordura, adquire cor mais amarelada.

É a principal camada de proteção do globo ocular. A esclera é opaca e densa, o que impede a entrada de luz no olho e mantém o funcionamento da visão. Possui orifícios para a passagem de vasos sanguíneos e nervos, porém, possui pouca capacidade de cicatrização.

Existem seis músculos que controlam os movimentos do olho e estão ligados à esclera.

São eles: reto medial, reto lateral, reto superior, reto inferior, oblíquo superior e obliquo inferior.

As doenças esclerais são geralmente do tipo inflamatório e são classificadas de acordo com o local afetado.

 

Episclerites

Episclerites: ocorrem na camada mais superficial (chamada de episclera)

São doenças superficiais, autolimitadas e benignas que afetam geralmente mulheres jovens e de meia idade e duram em torno de 21 dias. Possuem um início rápido e causam vermelhidão, não causam dor na maioria das vezes. Geralmente não são graves, pouca chance de complicação e de afetarem outros tecidos esclerais.

 

Esclerites

Esclerites: quando acometem outras camadas.

São doenças inflamatórias graves e mais raras, podem se difundir por outros tecidos e também atingir a episclera. São progressivas e provocam muita dor ocular, vermelhidão intensa, fotofobia e lacrimejo.

Geralmente afetam mulheres jovens e de meia idade e as complicações são frequentes e perigosas: podem evoluir para perdas oculares, descolamentos de retina, perda da visão, glaucoma, dentre outros.

Saiba mais agendando a sua consulta com o Dr. Aron Guimarães,
 

2 Comentários

  1. Vandmary disse:

    Bom dia no meu olho esquerdo, tenho descolamento das gelatinas fico uma cisco me encimada, o médico olhou vc de trata desse problema, tenho a unimed